Original Aloha Style

Costumes Hawaianos

“Take your shoes out. Hawaiian Style”

22/06/2019 16h21Atualizado há 3 meses
Por: Carol Guibu
251

Nem pense em entrar na casa de algum havaiano sem tirar seus calçados primeiro. E pra que você não cometa essa gafe, muitas das casas têm, logo na entrada, uma plaquinha avisando: “Take your shoes out. Hawaiian Style” (“Tire seus sapatos. Estilo havaiano”, em português). 

Esse é só um dos costumes desse povo tão miscigenado e rico culturalmente. O de tirar os sapatos, por exemplo, vem dos japoneses, que acreditam que, com esse ato, não trarão para dentro de casa energias ruins. E falando nos japoneses, eles estão aos montes por aqui.

Nas ruas de Waikiki (bairro localizado em Honolulu, capital de Oahu, uma das ilhas havaianas) por exemplo, não é difícil esbarrar em grandes grupos de orientais – às vezes me sinto no Japão, sério. E como a principal fonte econômica daqui é o turismo, várias placas, lojas, supermercados, restaurantes, têm funcionários e menus na língua nipônica.

Outro costume havaiano que, de certa forma, se tornou famoso ao redor do mundo são os colares, ou “leis” como são chamados por aqui. Mais do que um ornamento, a Lei representa um sinal de boas vindas, de cordialidade. As guirlandas podem ser feitas com flores, sementes, folhas, ossos, e cada uma tem um significado. É muito comum, ao chegar por aqui, ser recebido com um deles. A Lucy me presenteou com um feito de flores naturais, logo na minha chegada ao aeroporto, e esse simples gesto já me fez sentir um pouco do Aloha spirit daqui.

Apesar de ser um estado americano, os havaianos locais não se consideram como tal. Eles têm sua própria cultura e hábitos, alguns, inclusive, bem parecidos com os nossos. Eles adoram fazer churrasco – e fazem isso nas praias, numa espécie de “farofa organizada” -, reunir os amigos, e são, em sua grande maioria, muito receptivos e amigáveis. Em sua grande maioria, pois dentro do mar, no surf, nem sempre é assim (mas falarei sobre isso em outro post).

Ah, e como falei em churrasco, e sei que muita gente já liga isso a samba e cerveja, vale lembrar: aqui no Hawaii é proibido consumir qualquer tipo de bebida alcoólica em locais abertos como praias e ruas em geral. Não vou mentir e dizer que o povo aqui não bebe nas praias, mas quando o fazem é sempre “meio que” escondido. 

Outra coisa que chama a atenção nas ruas de Honolulu é o trânsito. Não pretendo, hoje, me prolongar muito nesse tema, mas caso você venha ao Hawaii algum dia, não se surpreenda ao ver a quantidade de gente pilotando scooters por aqui. E o mais curioso é que quase ninguém usa capacete, já que não é obrigatório! Eu sou um exemplo disso, mesmo sabendo que o mais prudente seria usar – faça o que eu digo, não faça o que eu faço -, nunca o fiz.

Bom, apesar de ter um monte de outras peculiaridades, hoje vou parando por aqui (pra vocês não enjoarem de mim rs). Na próxima semana pretendo falar um pouco mais sobre a questão do transporte (tanto terrestre como aéreo) aqui na ilha. Lembrando que, nos posts anteriores falei sobre minha decisão de sair do Recife para me (re) descobrir nesse lugar mágico, e tudo o que precisei fazer até chegar aqui – dá uma olhadinha lá :)

Até semana que vem! Mahalo!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.