Wakeboard
Circuito Brasileiro de Wakeboard movimenta fim de semana em Fortaleza
Os cearenses dominaram cinco das seis categorias do evento. Próxima etapa está marcada para 1º de junho em Goiás; confira a classificação da primeira fase
14/04/2019 17h23Atualizado há 1 dia
Por: Rodrigo Barão
Fonte: Diário do Nordeste
28

Fortaleza recebeu a primeira fase do Circuito Brasileiro de Wakeboard 2019 na tarde deste sábado (13) na Lagoa do Colosso. Essa etapa contou com 50 participantes do Ceará e de todo Brasil, como Goiás, Piauí, São Paulo, Paraná e Minas Gerais. 

Na classificação, os cearenses levaram a melhor na categoria Iniciante e Open, dominando o pódio em todas as três colocações. Excetuando no Avançado, os atletas do Estado marcaram presença também nos demais rakings.

 

Resultado da primeira etapa:

Iniciante

1 HIAGO SANTOS RAMALHO - CE
2 DAVI CORTEZ VASCONCELOS - CE
3 LUIS GUSTAVO BANDEIRA SILVA - CE 

Intermediário

1 JOSE OZANAN VILARINHO SANTOS FILHO - PI
2 SAMUEL RIBEIRO GUEDES NASCIMENTO - CE
3 YURI MACEDO DE SOUZA - GO

Avançado 

1 LUIZ FERNANDO GALVAO FERREIRA - GO
2 HUGO CRONEMBERGER VIANA - PI
3 FRANCISCO KAIKE BARBOSA DE LIMA - PI

Feminino

1 TALITA COELHO MARTINS - PI
2 SAMLA MARTA RABELO DE MEDEIROS - CE
3 ANDRESSA MOURAO LEY - CE

Open

1 BRUNO SOARES VASCONCELOS - CE
2 FANUEL A. DE QUEIROZ - CE
3 CAUET MARINHO CHAVES - CE

Profissional

1 DANIEL CASTRO - GO
2 DANIEL JAMUR - CE
3 GERMANO NOTTINGHAM - CE

 

 
"A cada ano, o nível cearense sobe, tem mais atletas nas categorias mais fortes e você pode perceber que o Ceará está representado em quase todos os pódios", destaca Germano Nottingham, que garantiu o terceiro lugar no Profissional no começo do circuito.

 

Em 2018, o atleta terminou o Circuito em 3º lugar. "Algo que dois anos atrás ninguém nem conseguia imaginar. Meu resultado não foi melhor pois infelizmente tive um AVC quando eu estava treinando em Goiânia, para participar em uma das etapas. Como não pude participar, deixei de pontuar e isso custou a vitória do circuito", completa.

De acordo com Germano, o qual também é presidente da Associação Cearense de Wakeboard (AWC), o esporte está em ascensão e cada vez mais acessível de ser praticado, tanto por haver pontos para treino mais perto da cidade, como por não depender mais dos barcos, que tornam o esporte mais caro. 

"Hoje temos mais de 20 'Wake Parks' (tipo o do Colosso) espalhados pelo Brasil, ou seja, qualquer pessoa pode se dirigir até esses pontos e tentar aprender ou treinar por um custo bem menor do que com uma lancha. Todos esses equipamentos oferecerem tempo para quem quer treinar e também instrutores para quem quer iniciar no esporte", pontua.

 

A próxima etapa do Circuito Nacional está marcada para o dia 1º de junho no Sunset Wake Park, em Senador Canedo (GO), com final agendada para 28 de setembro no Palmeiras Wake Park, em Uberlândia (MG).
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.